Envolvimento das pessoas e suas competências, segundo a norma ISO 10018

0
37 Flares Facebook 0 LinkedIn 37 37 Flares ×

Envolvimento das pessoas e suas competências

A competência para a norma ISO 10018 é a capacidade para aplicar conhecimento e habilidades para conseguir resultados pretendidos e o envolvimento é definido como o engajamento em objetivos compartilhados e contribuição para alcançá-los.

Atualmente praticamente todas as organizações exigem líderes altamente comprometidos com o desenvolvimento do envolvimento e das competências das pessoas. E esses líderes devem incentivar as pessoas assumirem responsabilidades e criarem as condições que as permitam conseguir os resultados desejados.

A liderança fornece um foco claro para as pessoas em toda a organização e as permite seguir um caminho para à realização dos objetivos da organização. Um líder precisa possuir a competência necessária para alcançar este objetivo.

Os líderes definem objetivos e recursos, e atuam em um papel mais estratégico. Os gerentes organizam recursos para conseguir um resultado engajando as pessoas na organização, e atuam em um papel mais tático. Os gerentes coordenam atividades para dirigir e controlar uma organização.

Processo de envolvimento das pessoas e aquisição de competências

O processo de envolvimento das pessoas e aquisição de competências baseam-se em quatro etapas:
A- Análise: inicia com o recolhimento dos dados e analise de acordo com os objetivos da organização. Nesta etapa ocorre a identificação das necessidades de curto e longo prazos para o envolvimento e as competências requeridas. A identificação das necessidades podem incluir estratégias, valores, planos de negócio, políticas e partes interessadas.

B- Planejamento: estabelecimento de procedimentos para planejar o envolvimento das pessoas e aquisição de competências, no nível organizacional, grupo e individual. Os planos estabelecidos devem ser integrados no planejamento anual e financeiro da organização. Devem conter os objetivos e exigências baseados na direção estratégica da organização; nas atividades e responsabilidades definidas; no cronograma para o desenvolvimento do envolvimento das pessoas e aquisição de competências; e os recursos exigidos.

C- Implementação: Implementação de planos e ações. Neste processo de envolvimento das pessoas são incluídos fatores como: comunicação, recrutamento, conscientização, empenho, trabalho em equipe, responsabilidade e autoridade, criatividade e inovação, e reconhecimento e recompensa.

D- Avaliação: Avaliação comparando resultados das ações de envolvimento das pessoas e aquisição de competências com os planos previamente preparados e os resultados devem ser comunicados a todas as partes interessadas. Melhorias nesta etapa devem ser implementadas.

Trabalho em equipe

Um dos fatores que impactam o envolvimento das pessoas e suas competências é o trabalho em equipe e colaboração.

A capacidade de trabalhar em equipe é reconhecida como sendo uma exigência para as pessoas nas organizações de qualquer tamanho. Os trabalhos em equipe se desenvolvem quando há confiança mútua e respeito entre os membros de uma equipe. Os trabalhos em equipe reduzem riscos, evitando a dependência excessiva em uma pessoa, e oferecem a garantia adicional de que os objetivos da organização podem ser conseguidos. Uma equipe eficaz aumenta a probabilidade de se conseguirem resultados para qualquer projeto, processo, produto ou serviço.

O maior desafio das organizações é desenvolver o trabalho em equipe e seus benefícios são inúmeros como: produtividade, colaboração, resultados, compromisso, qualidade e aprendizagem.

O envolvimento das pessoas é fundamental para o sucesso de qualquer organização.

Referência:
Norma ABNT NBR ISO 10018 – Gestão da qualidade – Diretrizes para envolvimento das pessoas e suas competências.

Comentários no Facebook

37 Flares Facebook 0 LinkedIn 37 37 Flares ×